Museu do Meio Ambiente

Meu Meio: arte e imersão em exposição inaugural

14 June 2012

A mostra é a segunda edição do projeto Marco Universal, série artística que une linguagens audiovisuais a temas de apelo para o mundo.“Partimos do conceito de interações, do homem consigo próprio, com seu meio, com suas crenças e valores”, explica Marta Porto, responsável pelo projeto. “Afinal, não existe meio ambiente sem gente”, conclui. 

Meu Meio, que tem curadoria de Marcello Dantas, conta com quatro espaços temáticos: Equilíbrio, Eu Meio, Os Desafios e Sistema. Pranchas representando elementos da natureza compõem o primeiro ambiente. O desafio do visitante é, ao subir nelas em grupo, conseguir se manter de pé pela justa combinação de forças entre todos os participantes. A aparente brincadeira fala dos perigos dos desequilíbrios para o planeta, retratando com precisão o tema sustentabilidade, um dos pilares do trabalho do Museu do Meio Ambiente. 

O corpo aparece como última fronteira da relação do homem com o seu ambiente no espaço Eu Meio. A partir de imagens projetadas sobre um boneco humano, as conseqüências do que acontece no exterior podem ser compreendidas diretamente em nosso organismo. 

Lasers, vídeos e ativismo 

Em Os Desafios, os visitante devem desviar de raios de laser coloridos, pisando sobre um mapa mundi que retrata dramas dos dias atuais: refugiados climáticos, escassez de água, problemas de saúde e bem estar das populações urbanas e rurais, o consumo exacerbado e o lixo. “Quando situadas no mapa mundi, as grandes questões ambientais provam estar interligadas e não terem nacionalidade”, diz Marta Porto. 

Para Sistema, artistas foram convidados a refletir sobre um determinado conjunto de elementos interconectados, naturais ou criados pelo homem. O resultado são vídeos que abordam os temas Corpo, Florestas e Água, provocações de nomes como Carlos Nader, Angelo Venosa, Leandro Lima e Gisela Mota. 

No espaço Arena Nosso Mundo, miniauditório idealizado para compartilhamento de conteúdos, midiativistas ficaram responsáveis por gerar informes multimídias diários para redes sociais e boletins especiais, incitando o ativismo do público, em especial das crianças e jovens. Entre os conteúdos gerados estarão micro reportagens e entrevistas, sínteses de atividades, making-of, depoimentos e fotos. 



http://museudomeioambiente.jbrj.gov.br/meu-meio-arte-e-imersao-em-exposicao-inaugural