GENESIS entra em cartaz no Museu do Meio Ambiente

Exposições | De 29 Maio 2013 a 26 Agosto 2013 | 4 comentários

Sebastião Salgado

GENESIS: jornada fotográfica de Sebastião Salgado

Um retrato das belezas de um mundo intocado e imune às radicais mudanças ambientais e sociais que transformam o planeta. Este é o projeto GENESIS, exposição do fotógrafo Sebastião Salgado, resultado de uma jornada empreendida pelo autor a cantos intocados do globo, em cartaz no Museu do Meio Ambiente entre os dias 29.05 a 26.08.

GENESIS é a terceira exploração de longa duração do fotógrafo, depois da série Trabalhadores e Êxodos. “Uma jornada às paisagens terrestres e aquáticas, às pessoas e aos animais que permaneceram intocados, preservados do mundo acelerado dos nossos dias. Um testemunho de que nosso planeta ainda abriga vastas e remotas regiões onde a natureza reina em silenciosa e imaculada majestade”, descreve Sebastião Salgado.

A mostra traz ao Museu do Meio Ambiente 245 imagens que prometem tirar o fôlego dos visitantes, ao mesmo tempo em que ressaltam as radicais mudanças ambientais que impactam nossa paisagem natural.

O fotógrafo, que tradicionalmente trabalha com imagens em preto-e-branco, repete a técnica em GENESIS. Ao longo de oito anos, viajou por mais de 30 lugares, explorando ambientes remotos e de difícil acesso. Antártica, Ilhas Galápagos, África e Alasca são alguns dos cenários que ambientaram as cenas retratadas. As imagens consolidam aquilo que o próprio autor considera como uma carta de amor ao planeta.

GENESIS fica em cartaz de 29.05 a 26.08, de terça a domingo, das 9h às 17h. Livre, gratuito.

 

Museu do Meio Ambiente
Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Rua Jardim Botânico, 1008
museudomeioambiente.jbrj.gov.br

(21) 2294-6619

 

 

Compartilhe:   twitter   facebook   Indique este evento   Versão para impressão
Comentários

Madalena Mello Moraes Silveira | 27.05.2013 11:34 |  | RJ

Parabéns!
Estava sentido falta de uma exposição deste nível, no museu. Sebastião Salgado é um grande artista, e tenho certeza que, daqui pra frente, tudo vai ser diferente no Museu do Meio Ambiente.

adriana vaz | 06.06.2013 15:56 |  | RJ

é uma enorme honra para os cariocas receber o trabalho de Sebastião Salgado. Assim que possível farei uma visita ao Museu do Meio Ambiente para admirar as maravilhosas fotografias.

Adriana | 25.08.2013 21:02 |  | RJ

O último dia dessa exposição foi 25 e não 26 como foi amplamente divulgado pela mī;dia.Os15 últimos visitantes que chegaram 20 min antes do horário de fechamento do Museu foram surpreendidos por guardas que barraram a entrada indagando que nā;o poderiam entrar.Apesar dos argumentos de que estavam dentro do horário e que nā;o haveria exposição no dia seguinte,os guardas foram duros e irredutíveis.Bastaria o bom senso p/ um fechamento sem transtornos, em prol do bem estar geral e em nome da Cultura.

LH1EAb5Apb8 | 08.11.2013 05:24

, we have to be strong, and know that the short-term leave is a must, besucae we have to prepare for our long-term future.I like your creative simile of our situation, makes me feel better.And since you mentioned the Korean movie "Windstruck", I should say I didn't like this movie after watching it.So many parts were arranged too designedly, especially the male title role, he was just a normal teacher, why he always wanted to be a hero? I don't understand this part...In that he was a teacher, he could use smarter way to save or help other people...I knew he wanted to try his best to protect his gf, but how could he doesn't know it's so dangerous to join the criminal arresting occasion?So even if the last part was so romantic and touching, I still don't like this movie and don't want to see it again. Therefore, I want to say: don't be emotional from this movie, besucae this one sucks. :-P (Hope you won't be offended ^^ )


* campos obrigatórios








500 caracteres restantes

Digite os caracteres que aparecem na imagem abaixo:

Verificação